Sobre a famosa crise de identidade…

who i am

Um dia dessas vagando pelo tumblr (que é algo como um diário para mim, porém escrito por outras pessoas, se é que isso faz algum sentido) eu encontrei um texto cujo me identifiquei quase de imediato. Eu decidi compartilhar esse texto com vocês e contar um pouco sobre a minha experiencias com os tão famosas crises de identidade.

“É frustrante querer descobrir quem você é e o máximo que consegue é definir quem você quer ser (e como trocaria sua vida facilmente por essa idealização).”Crise de identidade coisa nenhuma, vá estudar”, alega minha mãe com toda sua sinceridade. Saber quem somos é o primeiro passo antes de qualquer outro, mas e se a gente não sabe? E se eu canso de ser eu? Não me caibo nos meus planos, nem tenho um ponto de partida. Como se trancar-se no quarto fosse solução para qualquer problema, porque fugir sempre é bem mais fácil que enfrentar. – Receba Maynart”

Muitas pessoas, uma delas; minha mãe, não acreditam nessas crises. Elas acham que isso é uma birra adolescente para chamar atenção. Acredite, essas pessoas estão erradas. Desde muito nova soube o que eu queria ser quando crescer, independente da profissão, eu queria ser diferente. Quando era uma criança, meu maior medo era ser como todas as outras crianças do mundo. Por isso, sempre escolhia o lápis de cor que ninguém queria, escutava as músicas que ninguém gostava e fala sério, usar rosa? Nem pensar. Inventar brincadeiras e fazer dos objetos mais estranhos um brinquedo genial era comigo mesmo. As pessoas diziam que eu tinha uma personalidade forte. Acontece que de repente, sem mais nem menos, eu vi toda essa personalidade ir embora. Sim, eu ainda quero ser diferente. Mas de uma hora para outra, todos os meus esforços para isso parecem ser em vão. Ser diferente, que raios isso quer dizer, afinal? Isso lá é um objetivo de vida? Onde eu clico para me destacar do mundo? Perguntas. Perguntas. E mais perguntas. São a única coisa na minha mente no momento. Sabe qual é o pior? Todas elas parecem não ter respostas. Não há nada pior do que não saber quem você é e onde quer chegar. Quando será que essa fase vai acabar?

nick

Um pedido de desculpas…

Ah que saudade eu estava de vocês meus amorecos! Nossa, nunca pensei que sentiria tanta falta assim do blog hahahah Bom, eu devo um belo de um pedido de desculpa à vocês, não é? Quase um mês sem atualizar o blog, que tragédia ): É minha gente, tanta coisa aconteceu! Primeiro meu notebook deu pt hahahha Mentira, ele deu um probleminha e vocês sabem como funciona as assistências técnicas, não sabem? Então, me enrolaram o máximo e só consegui pega-lo ontem de noite. Bom, eu também comecei a trabalhar há mais ou menos umas duas semanas, logo meu tempo livre se reduziu a quase nenhum. Só para melhorar meus professores decidiram que eu não mereço ter uma vida social e me passaram 300 mil seminários e provas, ou seja, acabou vida. Eu sei que isso não justifica muita coisa e que muitas de vocês fazem muito mais coisas e mesmo assim mantém o blog, mas estou me organizando melhor e logo logo serei um exemplo de organização, só que não. Enfim, prometo voltar a atualizar o blog o máximo possível. Então é isso, até logo, beijinhos >3

Coração de tinta – para aqueles que acreditam

Se você é daqueles que amam uma boa história e acham que um pouco de magia nunca é demais, eu sugiro que continue lendo esse post! Coração de tinta conta a história de Meggie, uma garota de quinze anos, e Mo, um encadernador de livros. Ambos, pai e filha, são apaixonados por literatura, porém, por mais que Meggie insista, o pai nunca leu um só livro para ela. Só mais tarde, com a chegada de um visitante inesperado, Dedo Empoeirado, que Meggie descobre o verdadeiro motivo desse estranho costume. Mo NÃO pode ler em vez alta, porque toda vez que o faz os personagens dos livros ganham vida e se tornam reais! Um noite, anos atrás, ele trouxe à vida um personagem do livro Coração de tinta. Acontece que Capricórnio era um vilão e mesmo anos depois, Mo decide fazer de tudo para captura-lo. Porém, quando ele é levado pelos homens de Capricórnio, Meggie também decide entrar no jogo.Disposta e enfrentar tudo e à todos para salvar a vida do pai, Meggie vive uma aventura cheia de mágia e segredos. Aventura essa que você tem que conferir em Coração de tinta, de Cornélia Funke.

“Alguns livros devem ser degustados,
Outros são devorados,
Apenas poucos são mastigados
E digeridos totalmente.” (Página 16)
Sem dúvida, um dos livros mais mágicos e encantadores já escritos no mundo. Com cenários maravilhosos, personagens apaixonantes e uma leitura doce e quase poética, Coração de Tinta tem tudo o que um leitor pediu à Deus. Não tem como não se apaixonar!! 

Se você já leu esse livro ou simplesmente não gosta de leitura, deveria conferir a adaptação para cinema! Garanto que é tão fantástico quanto o livro, além de contar com um elenco de peso. Dá uma olhada no trailer aqui. Até mais, beijos ❤

Teen Wolf – algumas razões para começar a assistir agora mesmo!

What’s up babies? Hoje eu estou aqui para falar do meu mais novo vício, Teen Wolf. Sim, eu admito que julguei a séria antes de assisti-la. Eu via alguns trailers e vídeos promocionais por ai, mas sempre achava os efeitos muito ruins. Mas, adivinhem a novidade, eu quebrei a cara. Convenhamos que os efeitos não são lá os mais holywoodianos, mas há pontos que compensam esse pequeno detalhe.  São esses pontos que eu vou mostrar para vocês hoje…

❤ A história

Para começar, a história da série é única e especificamente sobre lobisomens! Dá para acreditar? Umas das coisas que eu mais odeio nas histórias fictícias da atualidade é que são sempre cheia de “elementos” fictícios: lobisomens, vampiros, bruxas, etc. Todos na mesma história. É claro que em Teen Wolf há algumas surpresas ao decorrer da série, mas nada de grande importância. Além disso, existem conflitos, romances, amizades realmente interessantes. Nada muito clichê, sabe?

wolfs

❤ O elenco

O que seria de uma boa história sem um bom elenco, heim? Nothing at all. Não nada de muito empolgante no elenco, eles são bem jovens e “novos” talentos, na verdade. Mas, de alguma maneira, acho que eles se encaixaram bem nos seus respectivos papeis.

teen wolf

elenco

❤ A maturidade dos personagens

Bom, essa é com certeza uma das coisas que eu mais adoro na série. Acho que os personagens possuem uma maturidade incrível, ainda mais por serem adolescentes comuns parte do dia. Eles frequentam a escola e fingem ser normais quando não estão salvando o mundo dos lobisomens malvados, e surpreendentemente não sofrem com problemas clichês adolescentes. Eu quero dizer, é obvio que existe o romance obrigatório de ensino médio, mas não há grandes conflitos em relação à isso. Além disso, os personagens não são julgados pela opção sexual e isso é no mínimo futurista.

danny

❤ Fácil dependência

Eu tenho um sério problema em assistir séries. Na verdade, eu até gosto de muitas delas, porém são muitas poucas que me deixam maluquinha. Explicando, o problema não é gostar de uma série e sim acompanha-la. Teen Wolf foi uma das poucas que me fizeram enlouquecer à cada episódio. Estou completamente dependente dela, de verdade. Meu pobre coração sofre à cada dia esperando um novo capitulo.

tv

❤ Stiles, o sarcasmo em pessoa

Eu sei que já fiz um tópico sobre o elenco, mas acreditem, Stiles merece um tópico só para ele! Ele é simplesmente o melhor personagem de toda a série, e adivinhem, ele é completamente normal. Nada de super poderes ou super força. Com o sarcasmo como única arma de defesa é o responsável pela parte cômica da série. Além disso, olhem esse rostinho e me digam, tem como resistir???? 

stiles

going-to-die

não chora stiles

Alguém consegue resistir???? Acho que não, né? Então se você quiser ver mais desse rostinho belo e de suas palhaçadas, corre agora e dá o play no primeiro episódio de Teen Wolf! É isso pessoal, ah e me desculpem pelo excesso de gifs hahahaha Eu estou tão louca por eles que foi difícil escolher D: Principalmente as do Stiles gatinho hahah Até logo, beijos ❤

Especial para escritores de plantão…

Fala ai moçada bela. Como vocês sabem, a maior ferramente de uma blogueira ou blogueiro, claro, é a escrita. É partir dela que conseguimos ou não alcançar nosso público alvo. Por esse motivo escrever bem é um dos pré requisitos para ter um blog, certo? Por isso, eu separei algumas dicas que me ajudam muito na hora de preparar meus textos.

Um observação importante: meu blog é um bebê ainda, por isso não pensem, de maneira alguma, que isso é um guia para ter um blog de sucesso, ok? Eu tenho bom senso e sei muito bem que preciso trabalhar muito para chegar à esse ponto. Ah então por que está fazendo um post desse? Porque quero compartilhar um pouco da minha experiencia com vocês e acredito que quanto mais trabalhamos para melhorar nosso site, seja ele de sucesso ou não, mais ganhamos com isso. E além disso, é uma forma para trocarmos o que já sabemos umas com as outras, certo? Certo. Então, vamos lá. 

writer

Bom, além de escrever para o blog eu venho tentando, eu repito, tentando escrever uma história. E foi esse motivo que me fez pesquisar dicas de como escrever melhor. E foi então que eu descobri esse dois vlogs maravilindos

❤ Papo literário – Esse é o canal da Lycia Barros, autora de A bandeja e Uma herança de amor, onde a mesma prepara vídeos incríveis de como escrever melhor. As dicas vão de como criar personagens até como publicar seu livro. Como pode ter notado, é um canal mais voltado para obras, ou seja, para aqueles autores que escrevem/ pretendem escrever livros. Porém, há muito conteúdo que podemos reaproveitar e usar na hora de escrever no blog. 

❤ Priscila Nicolielo – Bom, eu não sei falar o quanto esse vlog me ajudou! Acho que todo escritor teve sua vida salva pela Priscila pelo menos uma vez. O vlog dá dicas de como melhorar sua escrita, acabar com bloqueios criativos, e até como criar hábitos de escrita. É sensacional, você precisa conhecer. 

❤ Por ultimo, porém não menos importante, temos algumas dicas rápidas de como se tornar um grande escritor:

Leia, leia muito. 

Crie um ritual de escrita. Ache algo que te inspire e faça-o sempre antes de escrever. Eu por exemplo, sem tomo café antes de escrever. 

Pesquise muito. Seja em blogs ou livros, pesquisar seu publico alvo e conhece-lo é a melhor dica de todas. 

Por hoje, é só isso. Espero que tenham gostado e que tenha ajudado alguns de vocês. Até logo, byee. 

 

Sociedade dos poetas mortos

Honestamente, não sei como começar essa post. A morte de Robin Williams pegou à mim e a todos de surpresa. Muitos blogs e sites que acompanho já prestaram suas homenagens e eu, como fã, não poderia ficar de fora. Sua carreira e inegável talento já foram temas para muitos posts, por isso, o meu será uma tanto quanto diferente. A minha singela homenagem é sobre algo que Robin nos deixou, como um presente dado á alguém especial. 

A sociedade dos poetas mortos é, sem dúvidas, o filme mais surpreendente que eu já vi. Um daqueles capazes de mudar vidas, sabe? Eu assisti esse filme pela primeira vez na escola, em uma dessas aulas em que nossos professores nos obrigam a assistir filmes e fazer relatórios. Imagino que saibam o que acontece durante essas aulas… As pessoas dormem, escutam músicas, fofocam sobre o gatinho novo na escola e quando chegam em casa procuram qualquer resumo e lá começa o “ctrl+c e ctrl+v”. Simples assim. Porém, naquele dia em especial, nada disso aconteceu. Pelo menos não comigo. 

O filme conta a história de Welton Academy, uma tradicional escola para homens, onde o tratamento é rígido e são impostas muitas regras. É importante lembrar que o filme passa-se em 1959, portanto o perfil dos alunos é de jovens submissos aos professores e a seus pais, que decidem o futuro dos filhos. Porém, muita coisa muda com a chegada do novo professor de literatura (Robin Williams), um ex aluno, que faz com que seus alunos não simplesmente absorvam o conhecimento, mas que busquem e questionem-o.

sociedade poetas

 

Com os novos métodos implantados pelo professor Keating, nos quais ensinava aos alunos à amar e pensar Carpe diem (aproveite o dia) os alunos começam a mudar seu comportamento. Quando acham o antigo anuário do professor descobrem a Sociedade dos poetas mortos, um grupo de amigos que se reuniam a noite em uma caverna para declamar poesias e refletirem sobre elas. Então, liderados por Neil, um dos alunos de Keating, criam uma nova sociedade. A partir daí estes alunos começam a expressar suas opiniões, vivem intensamente suas vontades e lutam por seus objetivos.

14094800

robin

A razão pela qual me apaixonei por esse filme é que, muito embora, a história seja datada há muitos anos, ainda é possível encontrar partes do enredo nos dias atuais. É claro que de forma menos rígida, muitos jovens ainda são submissos e até desvalorizados pelas autoridades, sejam essas seus pais ou professores.

Outro fator bem real nos dias de hoje é o impacto que um professor pode causar na vida de um aluno, tanto positiva quanto negativamente. Pessoalmente, tive uma professora de literatura, a mesma que me fez assistir o filme, que teve uma grande importância na minha formação não só acadêmica, mas também pessoal. E grande parte disso teve incio com esse filme! Dar voz aos jovens é como dar-lhes asas para que possam voar e ser livres. Tudo que nós, jovens, queremos é sermos ouvidos.

Para finalizar gostaria de agradecer à Robin por esse e muitos outros legados que nos deixou aqui na terra. E também à todos os professores e outros profissionais que conseguem, com poucas atitudes, contribuir para o futuro da humanidade. E se você ainda não viu esse filme, corre para ver, vale super a pena! E por ultimo, desejo à todos que aproveitem o dia.carpe diem 

 

Favoritos – lojas virtuais

Boa tarde gente linda do meu core! Espero que estejam todos bem. Gostaria de me desculpar pela ausência aqui no blog. Primeira semana de aulas e eu já estou toda atarefada, oh saudade das férias. Mas enfim, vamos ao que interessa. 

Como vocês já devem ter notado, os sites de compras online vêem ganhando grande força nos últimos anos. Isso deve-se especificamente ao boom de informações, responsável pela existência dessas plataformas e de muitas outras, inclusive, os nossos queridos e amados blogs. Pensando nisso, hoje, separei uma lista com as minhas três lojas virtuais favoritas. Afinal de contas, que atire a primeira pedra quem nunca fez uma única compra online. Bom, here we go…

❤ Mr. Ludy

 ludy

A primeira loja à ser apresentada é a Mr. Ludy. Lá você encontra as mais divertidas camisas, com uma variedade incrível de estampas e modelos, além de contar com ótimos preços e formas de pagamentos. Confere a minha lista de desejos da loja: 

ludyy

 

1. Camisa “A menina que roubava livros” – R$ 35.00 ou 3x de R$ 11.67

2. Camisa “Johanna Mason – Jogos Vorazes”  – R$ 35.00 ou 3x de R$ 11.67

❤ O segredo do Victório

victorio

 

Essa está com certeza no top da minha lista de como gastar dinheiro com coisas desnecessárias!! O acervo da loja conta com objetos de decoração maravilhosos e super fofos. Os preços são um tanto quanto “salgado”, admito, porém não as vezes, simplesmente não dá para resistir a tanta fofura! A minha lista de desejos, na qual, minha mãe se nega a pagar hahaha é essa aqui:

 victorio 

1. Conjunto porta copa imantados Lord Vader – R$ 49.90 ou 3x de R$ 26,63;

2. Bloco de notas “Pacote de nachos” – R$ 29,90;

3. Caderno “Quebra cabeça” –  R$ 29,90;

4. Forma de gelo “Guitarra” –  R$ 29,90;

❤ Camiseta mumps

Por último, porém não menos importante, temos a Camisa mumps. Além das camisetas com as estampas mais iradas do mundo, a loja conta com uma lista de acessórios perfeita!! Dá até vontade de chorar hahaha Quanto aos preço, acho que só vale a pena, a compra de acessórios. As camisetas são maravilhosas, porém custam em torno de R$70,00 e vamos combinar que não é sempre que temos essa grana sobrando, certo? Os meu acessórios favoritos são as canecas, mas dá só um olhada na minha lista de desejos: 

cave

1. Caneca Jonnhy Cash – R$ 30,00 ;

2. Kit adesivos mumps – R$ 15,00;

3. Camiseta feminina “Zoo” – R$ 74,90;

Bom pessoal é isso, se você curtiu uma dessas lojas corre lá e começa suas compras! Até logo, beijinhos ❤

Um minuto de silêncio…

Diferente do post anterior, no qual eu esbanjava alegria, hoje o assunto é aterrorizador. É estranho como você pode mudar sua perspectiva de vida em tão pouco tempo. Em um minuto eu estava tão feliz, uma felicidade capaz de contagiar qualquer um ao meu redor. Meu blog acabara de ganhar um prêmio, eu estava recebendo reconhecimento pelo meu trabalho, as coisas estavam indo tão bem… E então, um minuto depois, o mundo cai sobre meus ombros, toda felicidade parece sumir do meu ser e algo me invade, algo tão forte que foi preciso alguns minutos até me recuperar da falta de ar que me atingira. Medo, tristeza, ódio, desespero, dor e aquele sentimento de incapacidade e inutilidade. Fraqueza. 

As pessoas estão morrendo. Milhares delas. Crianças, jovens, adultos, homens e mulheres. A cor, idade, religião não importam. São pessoas, assim como nós, morrendo. Enquanto eu e você, bem, nós, continuamos nossas vidas, ignoramos os massacres, fingindo não ouvir os gritos de socorro que ecoam por toda parte. É esquisito, constrangedor e egoísta.

Antes que me julguem… Não, eu não estou sendo hipócrita. Sei que não há nada o que podemos fazer e que parar as nossas vidas não irá salvar outras. Então, o por que desse texto? Esse texto não é uma promoção individual, não é tutorial de moda, muito menos um discurso politico e intelectual da minha parte. Esse texto é um pedido de socorro

gaza

Rezem por paz. Se não souberem rezar tudo bem, escrevam, peçam, implorem, gritem. Viva suas vidas sim, mas não os ignorem. Tenham em mente o que está acontecendo, sintam as perdas e o temor. Sintam o medo, afinal, não sabemos o dia de amanhã. E o porquê disso? 

Valorização. As pessoas só dão valor ao que têm quando perdem, você com certeza já ouviu essa frase. O povo sofrido de Gaza está perdido, vivendo com medo. Medo de morrer a qualquer momento, ou pior, ver aqueles que amam partindo, assim, sem mais nem menos. Viver já não é uma opção à esse povo há tempos, não há ganhadores com essa guerra, só sobreviventes. 

pray